terça-feira, 23 de outubro de 2012

Jared C. Wilson – 22 marcas de uma possível falsa igreja

Jared C. Wilson – 22 marcas de uma possível falsa igreja           

Sabemos que muitos dos leitores do VE foram despertados para o Evangelho, mas se encontram em igrejas onde o mesmo não aconteceu. Na série de postagens de Bobby Jamieson, do ministério 9 Marcas, trabalhamos sobre os seguintes temas:
  1. Porque Você Não Pode Mudar Sua Igreja
  2. Quando você pode mudar sua igreja?
  3. Como Mudar Sua Igreja
  4. Como Viver Com o Que Você Não Consegue Mudar
Agora queremos pensar naquilo que você deve procurar em uma nova igreja, caso você tenha optado por sair de sua igreja ou esteja sem uma. Na postagem anterior, R. W. Gleen forneceu 7 características para se procurar em uma nova igreja. Hoje, Jared C. Wilson fornece alguns avisos sobre marcas de uma possível falsa igreja. Assim, você pode ficar atento ao entrar em uma “igreja”.


Sua igreja talvez não seja uma igreja se…

  1. Seu pastor raramente fala sobre Jesus. (Essa é fácil).
  2. Seu pastor fala sobre Jesus, mas somente no estilo “siga seu exemplo”. (Você poderia ser um Mórmon ou mesmo muçulmano e pregar desse jeito).
  3. As músicas de “adoração” são mais sobre como você se sente e o que você pode fazer, em oposição a quem Deus é e o que Ele fez.
  4. A extensão do envolvimento de quase todos na igreja está limitada ao culto semanal.
  5. Seu pastor não pastoreia as pessoas cara a cara, mas gerencia “sistemas” em seu escritório, 40 horas por semana.
  6. Alguns desses sistemas são projetados para que o pastor interaja com o menor número de pessoas possível.
  7. Você não se lembra da última vez que participou da Ceia do Senhor.
  8. Muito do planejamento e foco na organização gira em torno de fazer um culto sensacional.
  9. Você nunca ouve a palavra “pecado” por lá.
  10. Você ouve a palavra “pecado”, mas apenas brevemente ou redefinida como “falhas”.
  11. Você não se lembra a última vez que ouviu o nome de Jesus em uma mensagem.
  12. A mensagem de Páscoa não é sobre a ressurreição, mas “novas oportunidades” na sua vida ou virar uma nova página.
  13. Em feriados patrióticos, a mensagem é sobre quão grande nosso país é.
  14. Nos outros fins de semana, a mensagem é sobre quão grande você é.
  15. Há mais vídeos que orações.
  16. Pessoas não cantam durante o culto de “adoração”, mas assistem.
  17. As responsabilidades principais do pastor são coisas estranhas à Escritura.
  18. Existe mais dinheiro investido em propaganda que em missões.
  19. A maioria dos pequenos grupos gira em torno de esportes ou lazer, e não estudo ou serviço.
  20. Você sempre se sente confortável lá.
  21. Ser membro da igreja parece apenas um sistema de recrutamento de voluntários.
  22. Você só encontra outras pessoas da igreja nos cultos de domingo.
Leia a postagem completa no iPródigo. Se sua igreja parece com uma ou mais dessas coisas, talvez seja uma torcida espiritual, um teatro religioso, um clube social cristão, ou alguma coisa totalmente diferente, mas, provavelmente, biblicamente falando, não é uma reunião da igreja bíblica.
Por : Jared C. Wilson. Website: gospeldrivenchurch.blogspot.com.br
Tradução: Josaías Jr. iPródigo.com | Original: Sua igreja talvez não seja uma igreja se…


Leia mais: http://voltemosaoevangelho.com/blog/2012/10/jared-c-wilson-22-marcas-de-uma-possivel-falsa-igreja/#ixzz2A7zkzlAd

 
Divulgação:


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOCÊ GANHOU!