segunda-feira, 7 de maio de 2012

O Perigo do Pensamento Secular na Igreja (Um Discurso sobre a necessidade da Verdadeira Espiritualidade na Igreja)

O Perigo do Pensamento Secular na Igreja (Um Discurso sobre a necessidade da Verdadeira Espiritualidade na Igreja)
Estamos fazendo a igreja e a adoração atrativas para o homem sem o Espírito. Estamos meramente querendo ver números na igreja, sem uma real preocupação com o fruto espiritual. Por conseguinte, o verdadeiro evangelismo tem morrido e a ovelha que rouba é a ordem do dia. Em tudo isto, você pode ver que a Bíblia não é o princípio organizador do Cristianismo de hoje. Nós estamos atuando como meros homens. Assim é como o mundo atua.
Rev. Conrad Mbewe

TEXTO: 1 Coríntios 3:1-4
“E eu, irmãos não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a criancinhas em Cristo. Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podíeis suportar; nem ainda agora podeis; porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens? Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; não sois apenas homens?”

INTRODUÇÃO

O assunto sobre o qual gostaria de engajar vossos pensamentos é aquele do perigo do pensamento secular na vida e ministério da igreja. Por um lado, nunca devemos esquecer que a igreja está no mundo. Nesse sentido nunca poderemos escapar de usar as facilidades e as leis (isto é, as leis da natureza) do mundo. Apesar disso, como Jesus uma vez disse, embora nós estejamos no mundo, nós não somos do mundo. Assim, deve haver uma diferença conspícua entre nosso pensamento, atitudes e aproximação para os assuntos, daqueles do mundo. Isto é o que deve fazer com que o mundo se impressione com a igreja. O fracasso de a igreja ser dessa forma diferente, não tem nada de novo. Paulo endereçou isto nesta passagem que neste momento lemos.

O PROBLEMA QUE ESTÁ SENDO ENFOCADO

Qual o assunto que o apóstolo Paulo tratando neste texto? Para muitas pessoas, era simplesmente o problema de invejas e contendas entre os Coríntios. Todavia, a preocupação de Paulo era a de tratar com um problema mais profundo – a causa das invejas e contendas. Qual era ela? Eu gostaria de sugerir que era um problema de pensamento secular na igreja. Paulo usa duas frases para se referir a isto – ser “mundano” [literalmente, ser carnal] e ser “meros homens” [literalmente, ser homens]. Estou interessado no último, que em si mesmo não têm conotações de pecado. Esta é uma atitude que coloca a razão humana acima da divina revelação (Romanos 3:5). Esta atitude impede o crescimento espiritual, porque ela assume que suas suposições devem ser corretas! Portanto, os Coríntios eram bebês espirituais quando eles deveriam ser maduros.

É O MESMO PROBLEMA HOJE

É o mesmo hoje. Nós tendemos olhar para a secularização como um progresso, mas na realidade ela é um empobrecimento porque estamos agindo como “meros homens” – isto é, homens sem o elemento espiritual. Esta secularização da igreja está manifestando-se primariamente na maneira como nós estamos procurando sinceramente fazer com que nossas igrejas sejam mais relevantes para nossa sociedade. Esta preocupação é correta, mas como estamos fazendo isto? Receio que estamos sacrificando a sabedoria espiritual e os sermões, fazendo-os sociais. Estamos fazendo a igreja e a adoração atrativas para o homem sem o Espírito. Estamos meramente querendo ver números na igreja, sem uma real preocupação com o fruto espiritual. Por conseguinte, o verdadeiro evangelismo tem morrido e a ovelha que rouba é a ordem do dia. Em tudo isto, você pode ver que a Bíblia não é o princípio organizador do Cristianismo de hoje. Nós estamos atuando como meros homens. Assim é como o mundo atua também. Isto é uma perda total!

A RESPOSTA BÍBLICA PARA ISTO

O grande perigo desta maneira secular de pensar é que ele faz Deus irrelevante! O que interessa é “Paulo” ou “Apolo”. Este é o mero número nas igrejas. E sem dúvida, estamos conseguindo nosso número, mas a um grande custo. A igreja hoje, a despeito de seus graus e serviços completos de adoração, tem quase nenhum impacto no mundo. Isto é sobre o que Paulo advertiu os Coríntios, quando ele tratava do problema deles. Ele trouxe às mentes dos Coríntios que a Deus deve ser dada a posição central em todas as coisas:

(1) É somente Deus que dá o verdadeiro crescimento (3:5-9).
(2) É somente Deus que julgará verdadeiramente (3:10-15).
(3) É somente Deus que verdadeiramente habita em Seu povo (3:16-17).
(4) É somente Deus que tem a verdadeira sabedoria (3:18-20).
Isto vai em direção oposta ao pensamento secular. Traz Deus de volta para a posição central. Conhecer a Deus e fazê-LO conhecido torna-se a paixão de tal Cristianismo. Nós precisamos voltar para isto!

CONCLUSÃO

Eu não posso fazer nada melhor do que terminar com a exortação final de Paulo (versos 21-23). Jogue fora esta aproximação humanista secular e em vez disso, sejam absorvidos com Deus. Sejam verdadeiramente espirituais! Levantem-se acima do que já é seu, e se lançam para as alturas de Quem vocês pertencem. Sejam cativados pela beleza do Rei. “Voltem os seus olhos para Jesus”. Então vocês verão o verdadeiro crescimento espiritual. Qualquer esforço para resistir isto somente denunciará uma ausência de fé na Palavra de Deus e no Deus da Palavra. Vocês denunciarão o fato de que vocês são meros homens. Para os espirituais, digo, não se ludibriem. Deixem Deus ser Deus. Amém!

Rev. Conrad Mbewe




Tradução livre: Felipe Sabino de Araújo Neto




Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas (Ap. 3:21,22).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOCÊ GANHOU!