sexta-feira, 2 de setembro de 2011

ED RENÊ KIVITZ - UMA REFUTAÇÃO À HERESIA DESTE PASTOR BATISTA

ED RENÊ KIVITZ - UMA REFUTAÇÃO À HERESIA DESTE PASTOR BATISTA

Fernando Galli


De vez em quando chegam aos meus olhos e/ou ouvidos textos, mensagens e comentários de pastores que professam o Cristianismo, mas adotaram um proceder de questionar as Escrituras Sagradas. De início digo:

Creio no relato de Gênesis todo, porque aceitei a Cristo, o qual, através da obra do Espírito Santo de Deus em meu viver,dá-me a fé necessária para aceitar o relato como verdadeiro e inspirado. O próprio Jesus confirmou o relato. (Mateus 19:4, 5; João 8:44) Paulo também. (Romanos 5:12) E João também. (Apocalipse 12:9) Todavia, um "pastor" batista, denominado ED RENÊ KIVITZ, escreveu o seguinte texto, procurando reinterpretar Gênesis 3. E eu, que nem chego aos pés das Graduações Acadêmicas de tal homem, propus refutar o texto dele.
ED RENÊ KIVITZ - "Você pode interpretar a história de Adão e Eva como uma descrição de como as coisas aconteceram. Mas pode também interpretar como descrição de como as coisas acontecem. Pode ser uma história que conta como as coisas foram, ou como as coisas são. Pessoalmente, opto pela segunda alternativa. Não me interesso tanto em saber se as coisas foram daquele jeito ou não, não estou preocupado com a literalidade da narrativa, que aliás, me traz mais embaraços que esclarecimentos: houve mesmo um bonequinho de barro? antes de enganar o casal a serpente andava ereta? que fruta era aquela da árvore do conhecimento do bem e do mal, será que está sendo vendida na feira sem que a gente saiba que é ela? quais as coordenadas do jardim do Éden? será que os anjos com espadas de fogo ainda estão por lá?"
Fernando Galli - O "Eu" (você) pode interpretar a Bíblia do modo como se pretender, mas a questão é: Quem crê na Bíblia como a inerrante palavra de Deus não zomba das palavras dela. Não as satiriza. Será que o senhor Ed Renê seria homem o suficiente para se expressar dessa forma perante a pessoa de Deus? Sr. Ed Rene, como sou cristão e o Espírito de Deus habita em mim, não ouso questionar a Palavra de Deus como o senhor fez. O relato bíblico da ressurreição de Cristo também fala de anjos. (Mateus 28:5) Aliás, será que estes anjos ainda estão no local da ressurreição de Jesus, senhor Ed Renê? E o que dizer da própria ressurreição de Jesus, senhor Ed Renê? Que embaraçoso, não é mesmo? E que dizer dos milagres, como as curas, a multiplicação dos pães e peixes, a ressurreição de Lázaro? Entre crer na literalidade do relato da ressurreição de Cristo tais milagres e que sejam mitos para servir como história da salvação, qual será que o senhor optaria? Pela segunda também? Se Jesus não ressuscitou dentre os mortos, é vã a nossa esperança. (1 Coríntios 15:14) Quais são as cordenadas para a nossa fé cristã? Então, se o relato de Gênesis não ocorreu literalmente, Jesus veio aqui para morrer pelos pecados de quem? Do macaquinho que virou gente?
ED RENÊ KIVITZ - "A história de Adão e Eva visa a comunicar a ótica judaico-cristã da natureza humana, da relação entre Deus e o homem, da dinâmica da sociedade humana. O autor bíblico não está preocupado em descrever o processo mecânico natural da criação. Seu texto não tem pretensão das ciências duras, que tratam das engrenagens do universo natural através da física, por exemplo, mas das ciências do espírito, que têm por objeto a complexidade do humano e suas relações. Adão e Eva somos nós."
Fernando Galli- O relato bíblico, para o cristão verdadeiro, é literal enquanto não haja elementos para o considermos simbólico e provas suficientes de que a intenção divina era de escrever um texto simbólico. As palavras de Jesus, de Paulo e de João indicam a literalidade do texto de Gênesis, a menos que o senhor Ed Renê seja capaz de provar o contrário. Ademais, a literalidade do texto encaixa-se perfeitamente na história da salvação: O homem cai, e Jesus vem morrer por ele para resgatá-lo. Jesus é o último Adão (1 Coríntios 15:45), assim não sou Adão, e estou livre da condenação do pecado original sobre mim. Graças à morte e ressurreição de Jesus Cristo muitos foram libertos de tal condenação, portanto, sua comparação é de mau gosto, digna de quem está se desviando da doutrina cristã. E pior do que isso! Confia na ciência como meio de se provar o relato ou não. Será que a ressurreição de Cristo poderia ser provada pela ciência? Desculpe-me, querido, mas não estou um pingo interessado em crer em sua teoria.
ED RENÊ KIVITZ - "Os que pretendemos definir o bem e o mal, o certo e o errado, ambiciosos da autonomia auto-suficiente cuja finalidade não é outra senão a satisfação das nossas vontades e desejos sem fim. Todos os que optamos pela competição em detrimento da cooperação, a violência em lugar do diálogo, o olho por olho contra o perdão, o império do mais forte em vez da gratuidade, as relações de interesses egocêntricos, escusos e difusos em troca da generosidade e da partilha abnegada, a conquista pela força bruta às expensas da paz. Adão e Eva somos nós. Construtores de jardins de pedra e ferro, edificadores de comunidades muradas, empreendedores prepotentes, espoliadores da riqueza e da beleza dos bichos, do verde, das águas – extrativistas predadores. Todos quantos nos dedicamos à busca do prazer a qualquer preço, que nos contentamos com o máximo de felicidade pessoal em termos de conforto e satisfação individuais, presos nas garras da Sensualidade-sensorialidade, pés fincados na terra, carne agarrada à carne, a orgia pluri-glutônica viciante e viciada-anestesiada."
Fernando Galli - Novamente, senhor Ed Renê, embora suas palavras possam, nesse trecho, fazer sentido em vários aspectos, elas competem com a veracidade e a literalidade do texto inspirado por Deus. Com certeza, o evolucionismo lhe agrada mais, por isso "espiritualiza" o texto bíblico com boa propriedade, através de paralelismos evidentes, com finesse intelectual, para desmentir uma verdade corroborada por nada mais nada menos do que Jesus, Paulo e João. Mas como todo crítico da Palavra de Deus, certamente o senhor poderá se sentir coçado a dizer: Quem garante que tais personagens realmente estavam certos e escreveram ou dissseram tais coisas realmente inspirados por Deus? Acho que eu arriscaria afirmar: Lamentável, pastor!
ED RENÊ KIVITZ - "Adão e Eva somos nós. Fugitivos da realidade, fantasiosos, vítimas do pensamento mágico, iludidos pela possibilidade da reedição do paraíso perdido sem o concurso do divino. Adão e Eva somos nós. Também damos ouvidos à serpente. Também matamos irmãos. Também nos abandonamos ao hedonismo desvairado. Também queremos apenas nosso nome pronunciado com reverência. Adão e Eva somos nós. E somos também Caim, somos o povo ao redor de Noé, os empreiteiros da torre de babel. Mas somos também a descendência do filho da mulher, que esmaga a cabeça da serpente. Somos também Abraão. Sobre nós repousa um chamado sagrado: fazer benditas todas as famílias da terra. Gênesis não é um veredito. Gênesis é uma profecia: aponta a injustiça e o juízo, convoca ao arrependimento, suscita a esperança e promete a vitória d’Aquele cuja vontade é boa, perfeita e agradável: novo céu e nova terra."
Fernando Galli - Bom o seu truque textual, senhor Ed Renê. Novamente, a ressurreição de Jesus ocorreu, seria uma fantasia ou magia de quem a criou? Confesso que esperava tais palavras de um poeta, de um crítico textual ateu ou agnóstico, não de um pastor. O senhor se esqueceu de dizer que se mata também a história bíblica, a verdade de Deus, e se as ressuscita como textos humanos, com teor social, alegorizados para atualidade. Por isso afirmo, valendo-me de um texto literal, verídico, mas que com uma boa dose de liberdade textual, poderia em sua mesma linha de criatividade, espiritualizá-lo da seguinte forma:
  • Alguns são Adão e Eva quando creem que não foi bem assim que Deus disse. - Gênesis 3:4, 5.
  • Alguns são Adão e Eva quando diante de Deus se cobrem de vergonha da realidade bíblica para atender às exigências acadêmicas e se prostituir para conseguir diplomas. - Gênesis 3:7.
  • Alguns são Adão e Eva por se querer ser como deus, determinando quando a Bíblia fala a verdade e quando não. - Gênesis 3:22.
  • Alguns são a descendência da serpente, que ferem o calcanhar das Escrituras, mas serão feridos por toda a eternidade. - Apocalipse 22:19.
  • Alguns são Caim, que levam seus irmãos ao campo para assassiná-los espiritualmente com sua conversa fiada. - Gênesis 4:8.
A Bíblia diz que muitos se desviariam da fé por prestarem atenção a doutrinas de demônios. (1 Timóteo 4:1) Muitos são demônios também, por negarem a Palavra de Deus em troca de apoio popular, tendas cheias, salários pastorais altíssimos, enquanto missionários têm deixado de receber ajuda. Não sou perfeito, não tenho a menor chance de me equiparar aos diplomas do senhor Ed Renê. Mas sou cristão! E creio na inerrância da Palavra de Deus. Se eu não fosse cristão, certamente eu zombaria de um relato que, diante dos olhos da crítica textual e da ciência dura, são meros mitos, escritos por mãos humanas, inspirados não por Deus, mas pela própria vontade de escrever. - fernando galli.

DE QUE ADIANTA PREGAR TÃO BEM, PRENDER A ATENÇÃO DE MULTIDÕES, COM UMA MENSAGEM CRISTÃ, SE O INDIVÍDUO SE ACHA NO DIREITO DE QUESTIONAR E ZOMBAR DAS ESCRITURAS?
 
Fonte:
 
 
Divulgação: http://luis-cavalcante.blogspot.com/

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REFORMADA

Reformar a Sociedade Brasileira através da Reforma da Educação
e Cultura a partir da Cosmovisão Cristã, Reformada e Calvinista.
http://educacaoeculturareformada.blogspot.com/

23 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. com o perdão da palavra, definitivamente, o senhor FERNANDO GALLI parece utilizar os "tapa-olhos" que os equinos utilizam para não "desviar" do caminho; não utiliza justamente um dos maiores dons que Deus pode ter dado à humanindade: inteligencia e cognição... Mais vale, à minha percepção, o cristão que duvidou, procurou, buscou e retornou aos braços de Deus, por ter trilhado um caminho, do que o cristão "senhor dos saberes" que ousa viver do medo a Deus ao invés de viver do amor de Deus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O triste é que isso possa servir de alimento para outros tapados. Não que eu tema que o evangelho possa ser apagado. De fato não pode. Deus não acendeu a lamparina para coloca-la debaixo da cama. Mas me desculpe amigo, sua "refutação" as palavras de Ed. Rene, não porque são do ed. rené, pode riam ser palavras do tio zezinho, enfim, seus argumentos revelam o pouco dicernimento que vc tem. Vc questiona muito cegamente as coisas. Usando o seu raciocinio eu diria, que então as parabolas de jesus não são parabolas. São todas estorias reais que aconteceram.

      Excluir
  3. Mas também esperar o que de um teólogo liberal amigo de Caio Fabio e condescendente de Ricardo Gondim? Lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa não? O amor de D-us, resolve a questão do pecado, mas intolerância religiosa mostra o quanto estamos longe do amor de D-us. (Mas também esperar o que de um teólogo liberal amigo de Caio Fabio e condescendente de Ricardo Gondim? Lamentável...) Lamentável mesmos.

      Excluir
    2. Lamentável! Quem dera nossos pregadores tivessem a sabedoria do Ed, Ricardo Gondim, Caio Fábio, Ariovaldo Ramos, Marcos Lutero, entre outros que não vemos envolvidos com escândalos e nem atacando seus pares ainda que defenda uma doutrina diferente. Esses homens podemos nos espelhar, enquanto outros, exemplo do Fernando Gill, parece destilar ódio pelos que não compartilham seus pensamentos e contaminam os seus "discípulos". Se faz assim com os dá fé, imagine como trata os não crentes, ou os que são de outras religiões. Deve ser Intolerante mesmo.

      Excluir
  4. Paz meus queridos irmãos! Respeitando a opinião dos meus irmãos sou recentemente formado em teologia! Uma pergunta os irmãos estudaram crítica textual?Teofania?Que eu saiba na crítica textual nós podemos entrar e sair do texto!Não vejo nada de mais nisso!!! Na própria teologia bíblica têm k saber separar as espinhas! Mais contudo eu respeito os irmãos reformados!

    ResponderExcluir
  5. Impressionante como na maioria dos site de debates de questões doutrinarias o que há é uma guerra com troca de ofensas e pela fala se vê sangue no olho. Que bom seria se como alguém, que conversa com um amigo pudéssemos dizer com mansidão e temperança "respeito o seu pensamento e sua pessoa, mas discordo de suas posições". Grato!

    ResponderExcluir
  6. Fernando Galli pode até não concordar com Ed René Kivitz - e sinceramente não há heresia alguma no texto do Kivitz - o que não pode é simplesmente discursar como detentor da verdade. Menos Galli, bem menos.

    ResponderExcluir
  7. É Fernando Galli...é o fim dos tempos mesmo! este rapaz que se designa Pastor...tá lá na Bíblia Sagrada. como diz ele: Segundo o evangelho de são mateus"E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.Mateus 24:11" veja o video que este incrédulo fala sobre o sexo antes do casamento..http://www.youtube.com/watch?v=3623neA7lNw ..o que podemos fazer é Orar para que Deus livre todos os que estão seguindo o ensinamento deste rapaz..totalmente contrário ao de Deus!. Deixo o desafio para ele...ir ás terças ou sextas na IURD aceitar o desafio. Como já sabemos fernando, as outras pessoas precisam saber..

    ResponderExcluir
  8. Bom, primeiro o problema deve ser que o Pr. Ed René Kivitz não é fundamentalista e nem presunçoso. Então, os que são se deleitarão nessa pagina cheia de ódio, rancor e ataques a ele, com textos fora do contexto satisfazendo assim o seu ego farisaico, por infelicidade passei por acaso nela, e tentei sair sem deixar comentário, mas como vivemos numa democracia qualquer um que post está sujeito a comentários contrários, então deixo o meu como protesto pelos absurdos que li aqui e nem valem a pena discutir. Agora se vocês discordam do que o Pr, Ed René prega, porque o assistem, pelos seus comentários vejo que acompanham suas ministrações, ainda que distorçam alguns pontos, "talvez de propósito", se não compartilham com suas ideias não o sigam, o Brasil é grande, faça como eu, não perderei meu tempo mais com essa triste página.Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Ed Rene é muito inteligente, todavia ( não apenas por esse texto acima) ele beira o ecumenismo, ou seja, partindo de uma ótica humanista-racionalista conceituar Deus, e utilizando a Bíblia como um livro a mais para tal empreitada.
      As questãos principais dos teologos liberais ( como Ricardo Godim, o Caio Fábio, e o próprio Kivitz), seria sobre a autoridade da Bíblia e por fim o que seria o amor divino ( vide a adesão de alguns teológos e pregadores ao teísmo aberto para tentar "encaixar" Deus no conceito de "amor àgape segundo o homem" da pós-modernidade. Quanto a primeira questão, creio que é simples basta ler sobre o que Jesus e os apostólos disseram no N.T sobre o A.T ( onde reside o principal foco da questão. E quanto a segunda,, eles se perguntam o que é o amor de Deus e como isso estâ coadunado com a ética cristã, o problema do sofrimento, a existência do inferno... enfim para eles, o amor de Deus é tolerante, e o conceito de Santidade chega ser descabido... vide por exemplo o Caio Fábio e o seu movimento " Caminho da Graça" o qual questiona os conservadores, puritanos, fariseus, sobre qual problema do Cristão que fala palavrãos, bebe até cair, é homossexual, não frequenta a igreja.... Enfim ele pega Cristo mistura com o mundo e chama de Caminho da Graça. Eu até fico pensando será que não é tô errado e eles estão certos, afinal que mal há se uma mãe e uma filha se casem, afinal se tudo é relativizado, e a única coisa que é pecado é dizer que algo é pecado, pois importa que amar e tolerar a todos, até essa mãe e filha acima citadas, pois que mal real (tirando o "Totem e o Tabu" da sociedade) elas fazem para os outros ? Afinal elas se amam eé isso que importa, não é ? Alias é mais provável de acordo com a ética cristã moderna e apostata, que os poucos puritanos, que são muito religiosos e beatos,não vá para o céu, e aquela senhora e sua filha estarem na primeira rua do Paraíso, afinal como de acordo com os liberais modernos Jesus disse " grande é a porta que vai para o Céu, aliás enorme, e estreitissima a que leva para o inferno, aliás como no século XXI vão descobrir, que o inferno nem existe. Tirando a ironia, creio que a cosmovisão cristã de Caio Fâbio, Godim e Kivitz e quase igual a de um ateu que simpatiza com um Jesus mais mundão, menos Deus.
      Tá na hora de viver o evangelho assim como o Apostólo Paulo, o Apostólo Pedro, John Wesley, Spurgeon, Paul Washer, Piper, pregaram e pregam, ou seja, obedecendo em amor a soberania da mensagem de Deus.

      Excluir
    2. Quando nironicamente, comparei sobre a mãe/filha incestuosas e o puritano tendo como paradigma soteriológico a ética cristã moderna/liberal, não insinuei que a salvação é por obras.
      Tão somente fiz essa comparação extrema (incesto-puritanismo) para mostrar que o que deve guiar a ética cristã, não é a sabedoria humana, mas sim a Escritura ( Sola Scriptura), a qual nos mostra a vontade preceptiva (moral) de Deus.

      Excluir
    3. Parabéns pela excelente explanação meu irmão em Cristo Jesus. Sola Scriptura, Solus Christus, Sola Gratia, Sola Fide, Soli Deo Gloria! Essas palavras dizem tudo. Que continue na cegueira espiritual quem quiser. "Porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos. Romanos 1:21 e 22.

      Excluir
    4. Parabéns pela excelente explanação meu irmão em Cristo Jesus. Sola Scriptura, Solus Christus, Sola Gratia, Sola Fide, Soli Deo Gloria! Essas palavras dizem tudo. Que continue na cegueira espiritual quem quiser. "Porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos. Romanos 1:21 e 22.

      Excluir
  9. Deus do céu.
    Ridículo o texto do senhor Fernando Gali.
    Não deu nem pra ler tudo, pois o besteirol se instalou logo nas primeiras linhas e eu desisti.
    Espero nunca mais ver o nome desse rapaz.
    Xô! Xô papangu! Xô!

    ResponderExcluir
  10. Uma vez eu ouvi uma pregação de um homem chamado Paul Washer onde ele dizia um recado de Deus aos jovens. Ele dizia: "jovens, não se preocupem em fazer teologia, você não precisa provar a ninguém o quanto é sábio porém um dia você terá de provar que foi um pouco útil quando estiver diante de Deus. Portanto em vez de perder tempo e energia debatendo teologia com outros cristãos, pregue o evangelho aos perdidos. Gaste seu tempo e sua energia com eles! O Reino de Deus neste século não precisa de mais teólogos, precisa de mais evangelistas!"
    Vale apena pensar nisso!
    Fiquem com a paz do Senhor!

    ResponderExcluir
  11. Homens como Ed René estão levando a igreja para o colo do diabo, através do marxismo cultural. Sào homens para quem o simples evangelho não é suficiente para sua vaidade e ambições políticas.
    Responderão a Jesus por suas heresias e por enganar os fiéis.

    ResponderExcluir
  12. Essa questão do liberalismo teolôgico é complicada, pois por um lado tentam (de acordo com eles) deixar a Palavra mais digestível para os sábios que leram muito Comte, Niezstche,Freud e Darwinismo, e não são capazes de crer em Adão e Eva, Criacionismo, Nóe, mas por outro mina direta ou inderatamente a autoridade da Palavra Escrita de Deus. Creio que uma vida cristã apenas baseada na razão, não é deveras vida cristã, é necessário o salto de fé ( que não é baseado em fideísmo, mas na imanente racionalidade da Palavra, como do Evangelho), pois sem fé é impossível agradar a Deus.
    Só para acrescentar não sou calvinista, mas quando vejo Sproul, Piper e Paul Washer pregando, percebo o temor com Deus, pela soberania divina, pelo amor do evangelho, e esse que deve ser o cerne da vida cristã : A mensagem purificadora, libertadora e sobretudo salvadora do evangelho. Pois como canta a Banda Resgate sobre o demais assuntos" é muita teoria para se embriagar".

    ResponderExcluir
  13. Fernando Galli, acredito que vc não tem o que fazer. Homens de Deus não deveriam se comportar dessa forma. Fique com aquilo que acredita e deixe seu irmão evoluir se é que já não o fez.
    Será melhor viver de mãos dadas

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Eu não vou me estender muito. Com todo respeito, este Fernando Galli é desprovido de discernimento espiritual ou, no mínimo, faltou nas aulas de interpretação de texto da escola. Eu procurei, procurei, procurei e não encontrei nexo nesses argumentos. Distorcer a palavra dos outros para plantar pegadinhas onde não tem é desonestidade intelectual.

    ResponderExcluir

VOCÊ GANHOU!